DIÁRIO DE BORDO

A Expedição esse ano contou apenas com dois jipes: o Azulão um Willys 1974 do Rodrigo Muniz com seu zequinha Taylor de Porto Alegre e  Márcia Andrade de Belo Horizonte com a Menina, uma Defender 2000 com seu zequinha Pan de Guararapes – SP.

IMG_0516IMG_0501IMG_0512

A saída oficial seria dia 01/05, mas, devido alguns problemas no deslocamento acabou atrasando em 01 dia nossa partida.

Aproveitamos o restante do dia no hotel em Humaitá organizamos os carros

IMG_0514

e descansamos porque no dia seguinte iniciaria nosso desafio maior: pegar estrada sentindo a Lábrea.

 

 

 

 

Inscrições

A participação na expedição Amigos do Jipe Amazônia – 2016 é aberta ao público em geral, sendo exigido entretanto:

 

  • Estar de acordo com o regulamento da expedição.
  • Veículo apropriado, com os acessórios exigidos no regulamento.
  • Experiência em condução off-road.
  • Espírito aventureiro.
  • Capacidade física e gozar de boa saúde

Clique abaixo e imprima o regulamento e o TCR

Regulamento PARA 2016 Final
TERMO DE CIÊNCIA DE RISCOS PARA 2016

Seu nome (obrigatório):

Telefones de contato: (obrigatório):

Seu e-mail (obrigatório):

Idade (obrigatório):

Cidade / Estado:

Modo de participação:  Veículo Próprio Zequinha em outro carro

Veículo que possui:

Ano do Veículo:

Possui algum acessório off-road tipo guincho, reboque, quais?

Já participou de corridas, rally, expedições ou outra experiência off-road? Em caso afirmativo, faça um breve resumo.

Conhecimento de mecânica?  Excelente Razoável Nenhum

Tem disponível 20 dias para participar de uma expedição pela região amazônica?  Sim Não

Havendo outra característica ou habilidade que você tenha e deseje mencionar, escreva abaixo.

DICAS DE EXPEDIÇÃO

O que é necessário para se levar em uma expedição?
Como uma expedição tem duração de vários dias temos que nos preparar primeiramente com nosso guarda-roupas, procurando ser o mais objetivo e adequar as nossas necessidades de acordo com o tipo de expedição a ser realizada. Se vamos a um lugar frio, logicamente roupas de frio, e assim por diante.Um aspecto importante em uma expedição é o pernoite, se durante o trajeto existirão locais para se pernoitar ou se faz necessário utilizar equipamentos de camping. Caso o projeto envolva acampar existe uma lista bastante extensa de acessórios a ser levado, desde utensílios domésticos como a comida necessária para os dias que se irá acampar. Segue uma pequena lista do que se deve levar em caso de acampamento, denominado kit camping:-
Material camping:
cadeiras
mesa
fogareiro
quebra-vento (p/fogareiro)
lampião
espelho
extensão 110v
colchão inflávelIMG_0675
travesseiros
cobertor
álcool
toalhas banho
barraca
manta térmica
saco lixo
toalhas de papel
bacia plástica
velas repelentes;
botijão de gás, canivete, cantil.1
Comida em geral.
Panelas, talheres, pratos, etc.
colchas
repelente
pregador de roupas
cabo de nylon
lona de plástico
galão com água potável
água
Material de higiene pessoal.
Deve-se levar tudo que é necessário em uma casa, coisas simples como um abridor de latas por exemplo.
Outro item importante em uma expedição são os medicamentos que devem ser levados. Material de primeiros socorros e farmácia individual em que constem os seguintes medicamentos: Antimalárico, Amoxicilina + Ac. Clavulânico, Ciprofloxacina, Paracetamol, Anti-inflamatório não esteróide, Loperamida, Anti-histamínico, Sais de re-hidratação e Desinfetante Cutâneo e uma grande quantidade de gases e esparadrapos para se fazer uma imobilização de emergência e um colar cervical. Antialérgico e água oxigenada. Em uma expedição em uma área de floresta, como na Amazônia é preciso estar vacinado contra febre amarela e tétano.
Em uma expedição internacional devemos lembrar de levar diversos documentos, tais como: Passaporte, documentos de identidade, carteira de motorista internacional, certificados de vacinas, documentos dos equipamentos eletrônicos a bordo (e declarar na saída para no retorno não ter problema), caso veículo seja alienado ao banco autorização da instituição financeira, veículo no nome do condutor ou de alguma outra pessoa presente no veículo.
Para o veículo, se faz necessário levar alguns itens, tais como:]
cambão, cintas de resgate, peças sobressalentes, etc. Também depende do tipo de expedição a ser realizada. Por exemplo, uma expedição pela Argentina se faz necessário levar dois triângulos, uma vez que a legislação de transito argentina exige dois triângulos por veículo, bem como todo veículo portar cambão de resgate. É um fator importante conhecer a legislação de transito dos países que se pretende visitar.
Uma expedição como a Transamazônica em época de chuva exige determinados preparos nos veículos e alguns itens extras a serem levados, como por exemplo: Hi-lift, guincho elétrico, pá, enxada, machado, cabo de aço, anilhas, patescas e outros itens característicos a uma expedição como essa. No post sobre preparação dos veículos será colocada uma lista mais detalhada de acessórios e itens necessários.Mais uma vez observamos que o mais importante em uma expedição é o planejamento, então devemos fazer uma lista de tudo que podemos precisar em uma expedição. De posse desta lista devemos separar os itens e fazendo ticket em cada um no momento em que estivermos colocando as coisas no veículo e nas malas. O levantamento dos itens deve se basear na real necessidade, evitando assim exageros, que corresponde a peso extra, trabalho de arrumar a desarrumar a bagagem e o veículo toda vez que for necessário, resultando na perda de tempo e em muitos casos não se acha o que é preciso no meio de uma grande bagunça!!!
Fonte: Sérgio Holanda

Datas e Rotas da Expedição de 2015

Imagem

DATAS:

Encontro dos participantes em Humaitá 29/04/2015.

  • Briefing 29/04/2015 (local à ser definido);
  • 30/04/2015 dia livre p compras de mantimentos e abastecimento;
  • saída 01/05/2015 as 6:00 hs em ponto.

ROTAS:

Humaitá – Lábrea – Humaitá

Sobre a rota de 2015:

São 440 km de ida e volta…

Este primeiro trecho existe muitos atoleiros com isso a capacidade dos tanques e combustível reserva é necessário, em média um 4×4 à diesel bebe um tanque de 60 litros pra chegar em Lábrea. Lá tem postos de combustível que não dependem da estrada então sempre terá combustível. Em média dois dias e uma noite pra chegar a Lábrea, pode-se fazer em menos tempo mas, dependerá de como estará a estrada e eventuais quebras nos jipes. Esse trecho se tomba muito carro, perigo de cair nas lagoas profundas em alguns trechos da estrada, levar muita cinta, atoleiros longos!!!

Na volta pra Humaitá é necessário revisar os jipes, existem vários hotéis, mas como a proposta é acampar fica livre aos participantes escolher.

Humaitá – Manaus

700 km, sendo 450 km sem nenhum local pra abastecimento, apoio, etc. Depois de sair de Humaitá existe uma vila chamada Realidade, lá é melhor completar o tanque, já rodou 120 km, com vários atoleiros, estrada esburacada que vai rodar de primeira marcha por centenas de quilômetros, força muito a transmissão e suspensão. Em média três dias de viagem com dois acampamentos, isso se não tiver nenhuma quebra grande que atrase o trajeto.

Manaus – Juruti

Esse trajeto é feito por balsa e dura 36hs.

Juruti – Itaituba

300 km – 2 a 3 dias dependendo das condições do trajeto e das possíveis quebras.

Itaituba –  (Fordlândia 70 km antes Rurópolis) ao término  da Expedição em Itaituba decidiremos se visitaremos Fordlândia.
 Fim da Expedição.
A previsão é de fazer todo percurso em 15 dias, podendo se estender um pouco mais
Mapa da Rota:
Rota Editada1

 

Participantes

Rodrigo Muniz (piloto) Organização – Natal – RN
Márcia Andrade (navegador) – Belo Horizonte – MG

Jeep CJ5 1974 (Azulão)

Veículo oficial da organização
Motor – 4.1 M.P.F.I Silverado
Pneus – Maxxi Crawler 37′
Sistema de freios – Disco nas 4 rodas
Suspensão – Feixe de Molas – amortecedores Rancho – estabilizadores de suspensão dianteiro e traseiro.
Diferencial traseiro – Bloqueio 75%
Guincho – Work Compacto 12mil na dianteira e Krow 12mil na traseira
Rádios – PY e PX
Kit’s de resgates – anilhas, patesca, cintas, pá, enxadão, chibanca, etc..
Kit primeiro socorros.

129x84-imagens-participantes-organizacao01129x84-imagens-participantes-organizacao021131x84-imagens-participantes-organizacao031

Rubi Walther Junior (piloto)    Rio de Janeiro – RJ
Francisco Ormone “Chicão” (navegador) – Rio de Janeiro – RJ

Toyota Bandeirante 1988

Guincho Hidraulico
Hi-Lift
Equipamentos de resgate
Snorkel
Proteções,
Rádio PYFarois auxiliares

114x84-imagens-participantes-rubi01 80x84-imagens-participantes-rubi031100x84-imagens-participantes-rubi02

Valdeir Souza Barbosa  (piloto)Macapá – AP
Nelmont França (navegador) Monte Dourado – PA

Jeep CJ5 1959

Guincho
Equipamentos de resgate
Faróis auxiliares
Pneus MUD
Bloqueio do diferencia
Rádio PX e PY

114x84-imagens-participantes-valdeir0175x84-imagens-participantes-valdeir02 112x84-imagens-participantes-valdeir03

Mauro José Reis (piloto) Bragança – PA
Pedro Cardoso – (navegador)  Augusto Correa – PA

Bandeirante Pick-up

Guincho elétrico 12.000 libras
Macaco Hi lift
Rádio PY
Equipamentos de resgate
Faróis auxiliares
Pneus MUD
faróis auxiliares

114x84-imagens-participantes-mauro01 100x84-imagens-participantes-mauro02

Anderson Veronez (piloto) Rio de Janeiro – RJ
Adriana Domingues (navegador) Rio de Janeiro – RJ

Hilux 1995 “Ogro”

Eixo rígido na dianteira
Motor 2.8 turbinado
Guincho Elétrico
Faróis Auxiliares
Equipamentos de resgate
Bloqueio 100% traseiro e 70% dianteiro
Pneus Volverine 35”
Rádio PX e PY

100x84-imagens-participantes-Anderson02 114x84-imagens-participantes-Anderson01112x84-imagens-participantes-Anderson03

Aroldo José Reis (piloto) Bragança – PA
Joaquim Nazareno Melo Batista (navegador)  – Bragança – PA

Toyota Bandeirantes 3.7 2000

Cabine estendida
Motor 14B 120cv turbinado e intercoolado
Eixo flutuante
Pneus off-road
Guincho elétrico kron 12lbs
Macaco hi-lift
Equipamentos de Resgate
GPS Garmin Etrex;
Py yaesu
Faróis auxiliares
Snorkel

114x84-imagens-participantes-Aroldo01100x84-imagens-participantes-Aroldo02112x84-imagens-participantes-Aroldo03

Antonio Werismar (piloto) Bragança – PA
Mauro Rodrigues (navegador) Bragança – PA

L200 GL 2.5 2002

Motor 2.5 diesel Turbinado e interculado
Guicho Kron 12000lbs
Pneus MUD 33×12,5×15 e off-road 31×10,5×15
Radio Px e Py
Macaco Hi-lift
Estepe instalado na caçamba
Ar-condicionado
Climatizador/evaporadora de cabine
Lift de suspensão de 1″
Lift de carroceria de 15cm
Caçamba encurtada em 30cm
Snorkell de inox
Escapamento de 3″ prolongado até o teto
GPS garmin etrex20
Quebra-mato tubolar
Para-choque dianteiro no modelo asa-delta
Gaiola interna
Santo-antônio em inox
Faróis auxiliares
Alargadores de paralamas, confeccionados em fibra
Peito de aço
Tanque de combustível de 70l, confeccionado em plástico

114x84-imagens-participantes-Werismar01114x84-imagens-participantes-mauro01  112x84-imagens-participantes-Werismar012

Arthur Carneiro (piloto) Natal – RN
Joaquim Carneiro (navegador) Natal – RN

Suzuki Vitara

Lift de susp. 3″
Guincho 9000lbs
Radio Px
Pneus MUD
Faróis e milhas com Xenon 4300k
Para choques de ferro
Proteções inferiores
Bagageiro
Amortecedores a gás

100x84-imagens-participantes-arthur02 112x84-imagens-participantes-arthur03 114x84-imagens-participantes-arthur01

 

Rodrigo Costa Ribeiro (piloto) Macapá – AP
Felipe Calgaro (navegador) São Leopoldo – RS

Pick-up – F75

Radio PX e PY
Pneus MUD
Bloqueio traseiro 75%
Motor 3.0 Diesel
KIT Socorro

112x84-imagens-participantes-rodrigo03 114x84-imagens-participantes-rodrigo01 115x84-imagens-participantes-rodrigo02

Tiago Carneiro (piloto) Recife  – PE
Mário Sérgio (navegador) Natal – RN

Toyota Bandeirantes 86

Guincho elétrico 12000 lbs
Pneus MUD 33′
Eixos flutuantes
Faróis auxiliares
Tanques reservas
Hi lift
Caixa d’água
Equipamentos de resgate
Barraca de teto

112x84-imagens-participantes-tiago031 114x84-imagens-participantes-tiago01 80x84-imagens-participantes-tiago02

 

Jorge Batalha (piloto) Guapimirim – RJ Isaac
Malafaia (navegador) Guapimirim – RJ

Defender 90 – 2001 (Jaburu)

Guincho elétrico
Pneus TORK 33′
Snorkel
Faróis auxiliares
Radio PX e PY
Equipamentos de resgate
Outros acessórios para expedição

114x84-imagens-participantes-jorge01 114x84-imagens-participantes-jorge02 112x84-imagens-participantes-jorge032

Marcelo “Gaúcho” (piloto) Rio de Janeiro  – RJ
Fabrizio Caetano (navegador) Rio de Janeiro  – RJ

JPX “Sargento”

Motor da Hilux
Cambio da Hilux
Guincho elétrico
PneusTORK
Radios PX e PY
Kit Regaste
Equipamentos para expedição

 

Claudio (piloto) Rio de Janeiro  – RJ
Mara “Cotonete” (navegador) Rio de Janeiro  – RJ

Willys 1967

Guincho Warn dianteiro c/compressor
Guincho Traseiro
Pneus 37
Bloqueio elétrico dianteiro e traseiro
Amortecedores Rancho
Eixo Dianteiro e Traseiro Ensimec
Caixa de Toyota
Motor 4.3 chipado com 340 cv
Freio a disco nas 4 rodas
Carroceria de plástico injetado
Tanque de 120 Lts de gás
Reservatório de 20 lts
Reboque e cambão
Radio Px e Py.

114x84-imagens-participantes-claudio01 120x84-imagens-participantes-claudio02 112x84-imagens-participantes-claudio03

Portela ( Piloto)  – Macapá – AP
José Carlos ( Navegador) – Macapá – AP
Anderson (Zequinha) – Macapá – AP
Engesa 1981 
Pneus 33″
Transmissão original (redução bandeirante)
Motor Sprinter 2,8 (MWM) 2002
Capota em fibra
Ar condicionado
DH opala 1994
Freio a  disco 4 rodas
Eixo flutuante

DSC00178IMG_3256