Diário de Bordo 09/05 – Balsa para Santana do Tapará e chegada na fantástica cachoeira em Vale do Paraíso -Alenquer –

Logo pela manhã o grupo que estava em Alter do Chão começou a chegar em Santarém e reunir o grupo para seguir para a fila da balsa. Seguimos em direção a balsa, estávamos na fila quando nosso amigo Nazareno deu a notícia que estava com o dente muito inflamado, com bastante dor e retornaria para Bragança.

Sem falar que foi preciso conversar com Neto (da balsa) sobre a desistência do grupo de seguir para Juruti onde pegaríamos a balsa, devido as várias quebras no início da Expedição, fazendo com que atrasássemos dois dias no nosso cronograma.

Descemos em Santana do Tapará após 3 horas de navegação. Ao descermos da balsa, Nelmont que estava na Engesa agora com Anderson (Feio), pois, nosso amigo Portela por motivos familiares ficou em Santarém, nos guiou até uma cachoeira fantástica num local chamado Vale do Paraíso, onde deixamos o carro e fizemos uma trilha a pé.

Encantados com a estrutura do local que tinha chalés, uma boa comida e uma gelada, pernoitamos lá. Nosso amigo Nelmont, preocupado com a balsa que nos levaria a Almeirim, queria de qualquer maneira seguir viagem até Monte Alegre para tentar alguma comunicação com o dono da balsa. Não queríamos que ele fosse porque era tarde e a estrada, claro, muito ruim. Uma parte do grupo, três carros, resolveram voltar e dormir em uma venda pouco antes da cachoeira e conseguiram que Nelmont não fosse aquela noite, que esperasse pelo menos amanhecer.

E mais uma noite se foi….

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>